Medical personnel viewing the visitor of www.penimaster.com.br or in discussion

Qual é a diferença entre o Penimaster Pro e os outros extensores penianos (dispositivos de tração) disponíveis no mercado? p. ex. Andropenis, X4labs, Physiomed, Fastsize ou Sizegenetics?

OPINIÃO DUM UROLOGISTA: (Por Kambiz Tajkarimi, MD, Urologista certificado, Diretor de cirurgia robótica e minimamente invasiva - Frederick Regional Health System, Consultor em regulamentação para dispositivos médicos - Emergogroup,  Especialista em desenvolvimento de produtos)
Durante muitos anos, recomendei o Fastsize (fora do mercado), ou X4labs para homens com curvatura peniana. Os centros de urologia de excelência têm vindo a comprovar que a tração peniana pode ajudar a promover o estreitamento do pénis curvo e recuperar da redução do pénis pela cicatrização (placa de Peyronie, remoção do implante cirúrgico, infeção, traumatismo, deformidade em ampulheta e outros problemas de saúde).  Os pacientes que adquiriram estes produtos não ficaram satisfeitos e desistiram após algumas tentativas. É muito desencorajador recomendar algo a um paciente que este acaba por não gostar.

Estas empresas gastam milhões de dólares por ano na comercialização dos seus produtos, têm uma forte presença na web, com gráficos surpreendentes, e SEO (otimização para motores de pesquisa) sofisticadas. Todos os anos surgem novidades com nomes e em versões atrativas, e que prometem adicionar “vários centímetros” ao seu pénis e melhorar o seu desempenho sexual. “Quem é que não aprecia um homem com um taco de baseball nos calções?”

Bom, nada disto é verdade. É apenas pura ficção e marketing. São notícias falsas. Confiem num urologista.  

À parte da conversa fiada, a tração do pénis é benéfica para os pacientes que sofrem de problemas graves de saúde, como fibrose peniana e curvatura de Peyronie.  Mas são assim tão bons?  São confortáveis? E seguros? Existe uma opção melhor entre estes? Até 2015, a resposta era não. São todos iguais. Mas, entretanto chegou o Penimaster Pro e tudo mudou.

O Penimaster Pro (MSP Concepts, Berlim) foi apresentado numa conferência de equipamentos médicos, na Alemanha, em 2015. Fiquei muito satisfeito por saber que este mecanismo natural e mais seguro de capturar e alongar (tração) o pénis tinha sido finalmente descoberto por um inventor alemão.

Neste momento, o Penimaster Pro é n.º 1 de vendas para os extensores de pénis, em todo o mundo, e o mais conceituado em toda a comunidade médica.

Se estiver a ler este folheto, experimente estes aparelhos. Estes são em média (95 %-100 %) praticamente idênticos (exceto o Penimaster Pro), no que respeita ao mecanismo de captura do pénis para alongamento. É irrelevante qual destes dispositivos vai adquirir, pois estes são idênticos. Não se deixe enganar por uma versão com preço diferente, tal como “Ouro”, “Prata”, ou “Cobre”.

Não tenho nada contra marcas individuais, pois já as recomendei. Como urologista, com experiência em anatomia e neurofisiologia, não gosto muito da forma como estrangulam o pénis para o alongamento. O problema está nos detalhes!

Não pode ser benéfico para o pénis.

Os tecidos do pénis são frágeis e têm muitas camadas e vasos superficiais que, por vários motivos, não podem ser pressionados, durante mais de 3 minutos, muito menos durante horas! Ai!

Estes aparelhos dão origem a uma condição clínica designada “PARAFIMOSE”.
A parafimose é uma emergência urológica em que o prepúcio retraído de um homem incircunciso não consegue retomar a sua posição anatómica normal, o que poderá estrangular a cabeça do pénis. É importante que os médicos reconheçam esta condição, à partida, para a minimizar. Verifique as imagens do Google para saber do que estou a falar.

Os urologistas e os especialistas em medicina sexual dos EUA e Europa estão a afastar-se muito depressa deste mecanismo ultrapassado. Não é possível utilizar os extensores “estranguladores” sem dor e desconforto, mais que uma hora. Se o pénis for pressionado durante muito tempo, este reagirá bastante mal e chateará-se!
A regra que se aplica é “PRIMEIRO, NÃO MAGOAR”).

O número cada vez maior de especialistas na doença de Peyronie que recomendam os dispositivos de tração sabem que a conformidade é a chave do sucesso. “Deve ser utilizado durante, pelo menos, 3-4 horas por dia!” recomendam os especialistas. Gostaria de poder recomendar estes aparelhos sem dor e sofrimento. Todos os dispositivos mencionados utilizam uma borracha e espuma para estrangular a rafe do pénis, antes da cabeça do pénis, capturando-o. Teste este equipamento. Esta “força de compressão” bloqueia a corrente sanguínea de e para a cabeça do pénis. Como tal, após cerca de uma hora ou menos de utilização dos dispositivos tais como Andropenis, X4labs, Physiomed, Fastsize, Sizegenetics, a cabeça do pénis fica saturada com sangue, adquire a cor azul e reage com uma forte dor. Poderá também ocorrer um entorpecimento. A maioria dos utilizadores destes dispositivos deixam de suportar este desconforto durante mais que uma hora. É irrelevante se adquire uma versão normal ou a versão “doble platina, com oro de 24 quilates e fabricada por extraterrestres”, por 6 vezes o preço.

O que mais gosto no Penimaster Pro é a segurança, conforto e conformidade. Os meus pacientes utilizam este aparelho e sempre que os encontro na clínica, estão a sorrir e contentes e não dão qualquer sinal de desagrado ou inadequação. 

Um estudo recente sobre a sua utilização em 45 pacientes, em Espanha, por um especialista em medicina sexual de renome, Dr. Ignacio Moncada, revelou um grande nível de satisfação e aceitação do Penimaster Pro.

Veja este vídeo e saiba como o seu pénis pode ser facilmente capturado.  Sem compressão, sem estrangular. Delicado, elegante e respeitador——>Como o pénis deve ser tratado.

Com o Penimaster Pro, estão também disponíveis os sistema Rod e Belt. Em regra, os homens gostam de utilizar o sistema de cinto durante o dia. O Penimaster Pro é adequado para ser utilizado durante a fase ativa da doença de Peyronie, quando não existem outras alternativas, ou como ferramenta de modelagem, após uma injeção intralesional Xiaflex pelo seu urologista. Este sistema utiliza um mecanismo proprietário e revolucionário de captura da glande, à base de vácuo. Poderá utilizá-lo durante 4 horas ou mais. Estão a ser realizados vários estudos para muitas indicações. É um momento emocionante para o tratamento da doença de Peyronie.

Os especialistas estadunidenses e europeus principais da doença de Peyronie estão a mudar para o Penimaster Pro, e você também deverá fazê-lo.

Fale com o seu urologista sobre o Penimaster Pro.

Pelo Dr. Kambiz Tajkarimi, MD, Urologista certificado, Diretor de cirurgia robótica e minimamente invasiva - Frederick Regional Health System, Consultor em regulamentação dos dispositivos médicos - Emergogroup, Especialista no desenvolvimento de produtos.

 

Source: urologyhealthstore.com

Kambiz Tajkarimi
Kambiz Tajkarimi, MD, Diretor de cirurgia robótica
Frederick Urology Specialists
Certificado por MD Anderson Physician Network
Biografia

O Dr. Tajkarimi obteve o seu diploma (“B.S”) em Biologia, com especialização em neurociência, na universidade Saint Louis University (St. Louis, MO), com a mais elevada distinção. Este concluiu a sua licenciatura em Medicina, em Ponce School of Medicine, em Porto Rico. Depois de concluir os estudos de medicina, fez um estágio em urologia, em George Washington University Medical Center, em Washington, DC, considerado um dos mais importantes centros de inovação cirúrgica na área da urologia. Em 2008, fundou e desenvolveu um programa muito bem-sucedido de urologia laparoscópica e robótica, em Summit Health System, em Chambersburg, Pensilvânia, e orientou o programa como presidente, até 2013.

O Dr. Tajkarimi tem uma vasta experiência em cirurgia laparoscópica e robótica e no tratamento de problemas urológicos complexos, na nossa comunidade. Este é um dos cirurgiões mais experientes em robótica urológica, da região do Meio-Atlântico, tendo realizado mais de 1200 cirurgias robóticas e laparoscópicas. Os seus interesses clínicos centram-se no tratamento minimamente invasivo do cancro da próstata. O Dr. Tajkarimi também é especializado no tratamento de distúrbios do assoalho pélvico feminino, cálculo urinário, urologia pediátrica geral, hiperplasia benigna da próstata (HBP), urologia feminina e tratamento da disfunção erétil (ED).A investigação do Dr. Tajkarimi surgiu em várias publicações científicas da classe médica e foi apresentada nas reuniões da sociedade de medicina. Este é investigador sénior em inúmeros ensaios clínicos.