Pessoal médico olhando para o visitante de www.penimaster.com.br ou em discussão

Relatório do médico Prof. Dr. Gottfried Lemperle sobre o PeniMaster®PRO (2)

A utilização do PeniMaster PRO em operações de alongamento e aumento peniano

Dos produtos que conheço, disponibilizados em congressos ou na internet, somente um dispositivo satisfaz os critérios acima referidos, o PeniMaster PRO, fabricado pela empresa MSP Concept GmbH & Co. KG em Berlim/Alemanha e comercializado como dispositivo médico de classe I.

A fixação anatómica à glande pode ser utilizada com uma barra ou com um cinto para o alongamento do pénis. O sistema de cinto parece, à primeira vista, flexível, contudo a barra não é de uso tão rígido quanto possa parecer. Além disso, a barra só pode ser utilizada duas a três semanas após a operação de alongamento, uma vez que o anel de suporte pressionaria o tecido cicatricial fresco decorrente da separação das bandas de suporte do pénis (suspensorium).

No caso dessa operação de alongamento é vantajosa a utilização de um expansor do pénis para contrariar o efeito de retração do pénis devido a tecido cicatricial retrativo. Neste caso, a variante do expansor como cinto de joelho (perpendicular para baixo) ou de ombro (inclinado para cima) é vantajosa.

No caso do expansor de glande poderão verificar-se tumefações do prepúcio, na medida em que este é puxado para trás pela câmara de vácuo, assim como bolhas ou hematomas na glande. Em geral, estes problemas surgem quando o doente aplica desnecessariamente o vácuo ou forças de tração disponibilizados pelo sistema sem que tenha havido um período de estabilização. Este é neutralizado com uma membrana adaptativa que envolve a glande durante a aspiração para a câmara. No entanto, o doente deverá habituar-se gradualmente ao longo de duas semanas ao tratamento de alongamento e a maior força de tração.

De salientar no sistema PeniMaster PRO que durante a utilização a membrana da glande se adapta de forma dinâmica e não escorrega devido à humidade (p. ex. transpiração). Assim se demonstra que se cria, efetivamente, um encerramento entre a glande e a câmara pela forma e não pela força. Está contudo prevista a aplicação de um óleo de silicone entre a membrana e a glande para um maior conforto e um maior efeito de aderência.

Dado que os efeitos secundários do PeniMaster PRO são evitáveis mediante um manuseamento correto e de acordo com as instruções de utilização e ser possível uma rápida recuperação através da interrupção de uso, considero a relação de risco-utillização deste inovador dispositivo como muito boa e recomendo-o em aplicações pré e pós-operatórias.

Referências:

  1. Nabil N, Hosny H, Kadah A, Shamloul R. Evaluation of surgical outcome of penile augmentation and lengthening procedures. Urol Int. 2013;90:465-469
  2. Shirvanian V, Lemperle G, Araujo Pinto C, Elist JJ. Shortened penis post penile prosthesis implantation treated with subcutaneous soft silicone penile implant: case report. Int J Impot Res 2013;10:100-104
  3. Elist, JJ, Shirvanian V, Lemperle G. Surgical treatment of penile deformity due to curvature using a subcutaneous soft silicone implant: Case report. Open J Urol 2014;4:91-97
  4. Casavantes L, Lemperle G, Morales P. Penile Girth Enhancement with PMMA-based soft tissue fillers. Accepted by the Journal of Sexual Medicine
  5. Lemperle G, Elist JJ, Safety and Effectiveness of the Elist-Silicone-Implant for Penile Augmentation. Submitted to the Journal of Sexual Medicine

Prof. Dr. Gottfried Lemperle
Cirurgião Plástico
Frankfurt am Main

Prof. Dr. Gottfried Lemperle

Prof. Dr. Gottfried Lemperle

(Curriculum Vitae)

Penimaster Made in Germany
Prof. Dr. Gottfried Lemperle acerca das cirurgias ao pénis e do PeniMaster PRO
  • Apenas o PeniMaster PRO preenche os requisitos do prof. Lemperle de um extensor de pénis.
  • Apesar dos mecanismos de proteção construtivos contra os efeitos secundários devido a sobrecarga o paciente deveria adaptar-se ao aparelho durante um longo período de tempo.
  • O extraordinário é que a câmara da glande da forma adaptada PeniMaster PRO entra com a glande e também não desliza do pénis devido ao suor e à gordura.
  • O prof. Lemperle recomenda o PeniMaster PRO como única possibilidade para a utilização pré-e pós-cirúrgica.